Manifesto Cerrado: assista teaser do primeiro DVD do Uganga que reúne documentário de longa-metragem e show inédito

Financiado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) de Araguari, o DVD celebra os 20 anos de carreira da banda mineira



O tempo é preponderante no rock 'n' roll. Queiramos ou não, a soberania do clássico chega a ser ditatorial diante do contemporâneo. Tentar destituir os Beatles e os Rolling Stones do poder é como profanar o sagrado. De forma que muitas bandas contemporâneas não fazem mais do que aglutinar papéis coadjuvantes numa perpetuação decrescente do velho rock 'n' roll.

"Manifesto Cerrado", o primeiro DVD do Uganga, é sim amparado pelo fator tempo. Afinal, ele foi produzido para celebrar os 20 anos de carreira do grupo. Mas sua relevância cultural e artística não se alicerça na simples contagem de sete mil e 300 dias passados desde o surgimento da banda, mas no que o grupo produziu ao longo desse período e que os colocou em posição de protagonismo na renovação do novo rock pesado. É claro, com respeito - quase religioso - aos mestres do passado.

"Manifesto Cerrado não é mero título. Esse DVD é, de fato, um manifesto: de sobrevivência; de superação; de renovação". Essas palavras são de Manu Joker, vocalista e membro fundador do Uganga, cuja trajetória individual ainda soma gloriosos anos ao lado do Sarcófago, lenda mundial do Black/Death Metal.

Financiado pelo Programa Municipal de Incentivo à Cultura (PMIC) da cidade de Araguari, no triângulo mineiro, o DVD "Manifesto Cerrado" é composto por duas premissas. A primeira é um documentário de longa-metragem que tem sim a intenção de contar a história da banda, mas a partir de uma narrativa moderna e quase interativa, prospectando o futuro.
"Nessas mais de duas décadas na estrada vivemos muita coisa", continua Joker. "Passamos grande parte de nossas vidas tocando no Uganga. Apesar do documentário tratar de toda nossa trajetória, ele foca mais no período entre a pré-produção do álbum 'Opressor', por volta de 2012, até hoje. E com certeza considero esse período o mais importante desde que formei a banda em 1993. Durante esse tempo gravamos nosso trabalho mais forte, fizemos nossa segunda turnê pela Europa e outra tour incrível pelo Brasil, tocamos com alguns ídolos e aprendemos muito. Convivemos com diferenças, desgastes, vida e morte. O documentário marca, a meu ver, um renascimento para o Uganga, tanto na formação quanto na unidade, além de apontar para o nosso futuro".

Não menos importante que o documentário é o show inédito que também acompanha o DVD. Realizado em Araguari, mais especificamente na histórica estação ferroviária Stevenson (construída em 1927 às margens da rodovia que liga Uberlândia e Araguari), o show contou com presença maciça de amigos e familiares da banda. Em formação circular, nessa noite o grupo executou uma das mais emblemáticas, introspectivas e expressivas performances de sua carreira.
"O show da estação Stevenson é o ápice do nosso renascimento como banda", conta Joker. "Naquela noite acabamos com as dúvidas que poderiam haver sobre se continuaríamos ou não. Ali, em casa, cercados pelos nossos amigos mais próximos, familiares, no nosso momento de maior fraqueza, a banda se reencontrou. É aquilo: para perceber o entorno é preciso olhar pra dentro primeiro."

Direção e produção de "Manifesto Cerrado" são assinadas por Eddie Shumway, cineasta mineiro que há muito tempo vem produzindo a maioria dos trabalhos audiovisuais do Uganga.
"Esse trabalho levou quatro anos pra ficar pronto. Fiquei muito feliz também por ter tido a oportunidade de colaborar com o Eddie na edição. Ele é um cara muito próximo da banda, trabalhamos bem juntos e ele tem uma visão interessante e neutra do Uganga. Temos muito orgulho de mais esse trabalho e em 2017 várias outras páginas serão escritas", finalizou, orgulhoso, Joker.

"Manifesto Cerrado" será lançado em Fevereiro de 2017 através de plataformas digitais. A sua versão física em DVD sai em Março pela Sapólio Rádio.

Assista o teaser:






Patrocinado pelo Programa Música Minas, Uganga realiza shows pelo Nordeste neste fim de semana

Destaque entre as apresentações será o show que o grupo faz sábado no Festival DoSol em Mossoró



Depois de ter visitado a Europa e várias cidades no Brasil, inclusive com shows ao lado do Exodus e Coroner, a turnê em divulgação ao álbum "Opressor", do Uganga, está chegando ao fim. Totalizando cerca de 50 shows, não haveria melhor maneira para o Uganga finalizar essa turnê do que estreando nos palcos do Nordeste.

O vocalista Manu "Joker" Henriques, os guitarristas Christian Franco, Thiago Soraggi e Maurício "Murcego" Pergentino, o baixista Raphael "Ras" Franco e o baterista Marco Henriques embarcam este fim de semana para realizarem dois shows pelo Nordeste: sábado dia 19/11 no Festival DoSol em Mossoró/RN e domingo dia 20/11 no Good Times Pub Bar em Campina Grande/PB.

A oportunidade do Uganga encerrar a turnê de "Opressor" no Nordeste surgiu a partir do convite para se apresentarem no Festival DoSol, um dos mais importantes do Brasil que esse ano chega a sua 13ª edição. Além de Mossoró e Natal - onde acontece a edição matriz -, outras 12 cidades de cinco estados diferentes recebem o festival, totalizando mais de 170 atrações. Em Mossoró, o Festival DoSol ocorre no Clube Carcará a partir das 15:00 com entrada franca. Além do Uganga, também se apresentam The Kendolls, da Suécia, o grupo português Killimanjaro, além de Monster Coyote, Black Witch, Five Minutes to Go, entre outros.

Não menos importante será o outro show que o Uganga realiza em Campina Grande como atração principal. O show será realizado no Good Times Pub Bar (Rua Félix Araújo, 151a) a partir das 15:00 e também se apresentarão as bandas Devilisheim, Vinculum e Bufalo. Os ingressos custam R$ 15,00 (Antecipado) e R$ 25,00 (Na Hora).

Para realizar essa turnê o Uganga recebeu patrocínio do "Programa Música Minas", iniciativa do Governo do Estado de Minas Gerais, por intermédio da Secretaria de Estado de Cultura, que visa apoiar a cadeia criativa e produtiva da música mineira. De acordo com o baterista Marco Henriques, iniciativas como o Programa Música Minas são essenciais para grupos como o Uganga poderem viabilizar projetos de circulação e difusão.
"O Brasil é um país territorialmente muito grande e nem sempre as condições são favoráveis para se realizar projetos de circulação em todos os estados brasileiros.
Iniciativas como o Música Minas ajudam muito nesse sentido, beneficiando não só os artistas patrocinados mas todo o público em geral ao democratizar o acesso a cultura".



Uganga divulga datas de turnê pelo Nordeste em Novembro

UGANGA - OPRESSOR: NORDESTE TOUR - 2016
17/11 @ Casarão do Benfica - Fortaleza/CE
18/11 @ Fast Pizza - Natal/RN
19/11 @ Festival DoSol - Mossoró/RN
20/11 @ Clube da Bolsa - Campina Grande/PB  

#thrashcoreatitude


Uganga, Periferia S.A., Andralls, Chaos Synopsis e D.I.E. juntas em festival no interior paulista neste sábado


Desde a década de 90 que o interior de São Paulo é um importante território para rock e heavy metal no Brasil. A cidade de Botucatu, na região centro sul do estado, destaca-se principalmente pelo trabalho do produtor cultural e músico Douglas Iglesias, que há 16 anos vem trazendo para a cidade grandes bandas nacionais e internacionais, sempre através do projeto Botucatu MetalStock.

No fim de semana que comemora-se o Dia Internacional do Rock, a cidade de Botucatu não poderia deixar de sediar mais um grande evento. Acontece neste sábado, dia 09 de Julho, na Praça do Paratodos, o "Fim de Semana Mundial do Rock" que mesclará apresentações de algumas das grandes bandas do cenário nacional do heavy metal com workshops de guitarra.

Entre as bandas escaladas para tocar estão Periferia S.A., Andralls, Chaos Synopsis, D.I.E, Barbarosa, The Dudes, Nastcut, Aggressors, Refute e o Uganga.

Considerada uma das mais importantes bandas de thrashcore do país, o Uganga vai para Botucatu mostrar o show que já visitou dezenas de cidades no Brasil e na Europa numa carreira que soma 20 anos. O destaque no repertório do Uganga será certamente para o álbum mais recente, o aclamado "Opressor", que recebeu declarações super calorosas da imprensa como: "Melhor trabalho não somente da banda, mas do gênero no Brasil" (Outro Indie);  "Elite do Thrashcore nacional" (Som Extremo); "Merece estar cada vez mais no topo do metal nacional" (Mondo Metal); "Bombástico" (Revista Roadie Crew); "Avassalador" (Musikkaos); "Thrashcore de altíssima qualidade" (Delfos). "Opressor" também foi eleito "Melhor Álbum Nacional de Rock de 2014" em votação realizada entre os leitores do blog Heavynroll.
O Uganga disponibilizou recentemente um lyric-video da faixa "O Campo", presente em "Opressor": https://www.youtube.com/watch?v=i9ogveRWGdQ
O Uganga será a penúltima banda a subir no palco neste sábado em Botucatu. O show dos mineiros está programado para iniciar às 23:00.

Já os workshops de guitarra acontecem a partir das 13h e entre os destaque está o guitarrista e vocalista da banda Siod, Umberto Buldrini. O músico mostrará um pouco de suas técnicas usadas para tocar e compor e que inclusive foram aplicadas para registrar o álbum de estreia do Siod, intitulado "esSIODio", previsto para ser lançado em Agosto.
O Siod disponibilizou recentemente um lyric-video da faixa-título "esSIODio": https://www.youtube.com/watch?v=R76NW5qdERg

Todas as atrações do "Fim de Semana Mundial do Rock" são gratuitas. A Praça do Paratodos está localizada em frente ao Teatro Municipal, no centro de Botucatu. É só chegar, curtir e bater cabeça.

Considerado um dos melhores trabalhos de thrashcore do Brasil, "Opressor" ganha versão em vinil




Uma banda sabe que está se tornando grande quando as coisas começam a acontecer num ritmo acelerado em sua carreira. Com os mineiros do Uganga tem sido assim há algum tempo.

Depois do show que fizeram em Curitiba ao lado do Exodus, onde tiveram um sensacional retorno não só da plateia mas também dos próprios integrantes do Exodus, o baixista Raphael “Ras” Franco foi convidado para ser entrevistado pela Bass Player Brasil, a mais importante revista voltada para o contrabaixo no mundo! Se não bastasse estampar as páginas de tão respeitada publicação, a matéria foi destaque na capa da edição de fevereiro, que traz o saudoso mestre Lemmy Kilmister como matéria principal.

A matéria de destaque na Bass Player é uma extensão da excelente recepção da mídia para o novo álbum do Uganga, "Opressor". O trabalho tem arrancado declarações como: "Melhor trabalho não somente da banda, mas do gênero no Brasil" (Outro Indie);  "Elite do Thrashcore nacional" (Som Extremo); "Merece estar cada vez mais no topo do metal nacional" (Mondo Metal); "Bombástico" (Revista Roadie Crew); "Avassalador" (Musikkaos); "Thrashcore de altíssima qualidade" (Delfos). "Opressor" também foi eleito "Melhor Álbum Nacional de Rock de 2014" em votação realizada entre os leitores do blog Heavynroll.

Embora adjetivos e elogios façam bem para uma banda independente que sempre é posta a superar desafios, é fato que não são suficientes para mantê-la ativa. Afortunadamente, o Uganga já se encontra numa posição financeira bem confortável no mercado da música pesada nacional. Fato é que a Sapólio Rádio, sua gravadora, atendendo a demanda dos fãs, decidiu disponibilizar no mercado uma edição em vinil de "Opressor".

Impresso na cor verde, a edição em vinil de "Opressor" traz encarte com todas as letras das músicas e, o melhor: a expressiva arte da capa em tamanho grande!
"A estrada da música underground não é uma Autobahn onde se guia a 200 km por hora", brinca o vocalista do Uganga, Manu Joker. "É cheia de buracos, barreiras, desvios, mas nos leva a lugares incríveis! Seria algo muito distante imaginar um vinil do Uganga quando a banda foi criada, em 1993, em plena febre do CD. Vinte anos depois cá estamos vendo nosso quinto álbum (quarto de estúdio) saindo nesse formato pela Sapólio Rádio. Termos a arte da capa no tamanho certo e as músicas divididas nos lados A e B não tem preço!"

A Incêndio, marca de roupas que patrocina os integrantes do Uganga, começa a vender as cópias em vinil de "Opressor" a partir desta quinta-feira, dia 17 de Março, com preço promocional de R$ 50,00. Um combo incluindo o vinil, camiseta do Uganga e outros brindes pode ser adquirido pelo valor de R$ 80,00. Esses valores promocionais de lançamento estarão disponíveis até o dia 20. Os fãs podem comprar diretamente pelo site da marca e o envio é feito para todo Brasil:
http://www.incendioshop.com.br/uganga-ct-c44d4