Quinto show: Budapeste (Hungria)

Salve rapaziada! Infelizmente houveram alguns problemas com nosso site e o mesmo ficou fora do ar por alguns dias. Mas tudo normalizado de novo.
O Uganga já está de volta ao Brasil, em partes pois o Manu acabou ficando por lá pra dar mais um rolê. Então vamos atualizando aqui, o que rolou nos últimos shows da turnê.

Começando com o quinto show, que rolou em Budapeste, no dia 15 de julho, plena segunda-feira.
Acordamos na casa do Lucas, promoter do show da Eslováquia, tomamos café, um banho gelado (já que o aquecedor da casa do cara não aguentou o número de banhos naquela manhã hahaha) e fomos colocar as coisas na van pra pegar a estrada.

Após algumas horas na estrada, sempre com um visual bem da hora, chegamos a Budapeste, que já de cara se mostrou ser uma das cidades mais bonitas que visitamos.
Fomos direto pro local do show, Showbarlang. O bar ficava em um complexo de galpões, onde segundo o organizador do show, haviam várias salas de ensaio por onde passavam mais de 200 bandas por mês. Não tivemos dúvidas ao começar a ouvir várias bandas tocando o tempo todo por ali.
Descemos o equipamento e entramos no bar. Que visual! As paredes são todas imitando umas pedras, ficou demais. Parecia que estávamos tocando uma caverna, muito foda!


Aproveitamos esse visual e filmamos mais algumas cenas pro próximo vídeo-clip da banda, que sairá em breve. Pouco depois o pessoal do Terrordome chegou, passaram o som, parte do Uganga foi pro Hotel dar uma descansada e eu, Eliton Tomasi e Eddie fomos dar um rolê por ali. E valeu muito a pena. Que cidade linda!
Uma arquitetura fantástica, parques gramados, rio Danúbio cortando a cidade, castelos extremamente conservados... Enfim, sensacional.


Mais tarde voltamos pro local do show, montamos a banquinha de merchandising, abrimos a primeira cerveja e ficamos à espera do começo do evento.
Como se tratava de uma segunda-feira, o público não compareceu em peso. Mas quem estava presente bateu cabeça e curtiu bastante nosso show. Pelo menos nossa impressão foi essa.



Tomamos mais algumas cervejas, batemos um papo com o pessoal presente e fomos pro hotel. Estávamos bem cansados, a fim de dar uma descansada. Mas como o Rock fala mais alto, ainda demos um tempo em um barzinho que havia embaixo do hotel, junto com nosso motorista e o pessoal do Terrordome. Uma decoração muito legal, várias rádios antigos na parede. Em compensação a garçonete era uma sem educação de primeira hahahaha. Tanto é que o dono do bar viu que ela estava mal humorada e deu uma cerva de graça pro Manu, como forma de desculpas.

Por volta de 2h da manhã fui dormir. Alguns ainda ficaram no bar mas eu não aguentei.
Por hoje é só. Fiquem com mais algumas fotos de Budapeste.


por Marco Henriques