Uganga divulga tracklist de novo álbum de estúdio

Opressor será o quinto disco da carreira da banda, sucessor do recém lançado Eurocaos Ao Vivo

Manu "Joker" (vocal), Christian Franco (guitarra), Thiago Soraggi (guitarra), Raphael "Ras" Franco (baixo) e Marco Henriques (bateria). Coletivamente eles são conhecidos como UGANGA. Se você ainda não ouviu falar sobre eles é porque deve ter passado uma longa temporada longe da órbita terrestre. Afinal, esses cinco mineiros estão na estrada há 20 anos, já lançaram quatro álbuns e fizeram duas turnês pela Europa, além de inúmeros shows por todo país.

E eles realmente não estão nessa por brincadeira! Recém chegados de sua segunda turnê européia que somou 10 shows por oito países - Hungria, Áustria, França, Itália, Eslováquia, Eslovênia, Polônia e Suíça - acabaram de lançar o primeiro disco ao vivo da carreira, Eurocaos Ao Vivo, que trouxe o registro da primeira tour européia da banda realizada em 2010, com shows gravados na Alemanha e Portugal, além de uma série de faixas bônus e outros atrativos. 

Quando imaginou-se que o UGANGA agora tiraria um pouco o pé do acelerador, eis que o grupo já anuncia um novo disco de estúdio!
Intitulado Opressor, o álbum foi produzido pelo experiente Gustavo Vazquez (Black Drawning Chalks, Macaco Bong, Krow, Hellbenders) e vai reunir as faixas "Guerra", "O Campo", "Veredas", "Opressor", "Moleque de Pedra", "Casa", "L.F.T.", "Modus Vivendi", "Nas Entranhas do Sol", "Aos Pés da Grande Árvore", "Noite", "Who Are The True" (cover do Vulcano) e "Guerreiro".

De acordo com Manu Joker, a banda já vinha trabalhando nas músicas de Opressor desde 2011, porém outros projetos acabaram exigindo prioridade na época.
"Nesse intervalo rolou de lançarmos o Eurocaos Ao Vivo e de fazer a segunda turnê Européia, e não queríamos comprometer a qualidade dos trabalhos", explica o frontman. "Já faz algum tempo que resolvemos produzir nossos discos contando com alguém de fora com experiência técnica o suficiente para cuidar de toda a parte de engenharia de áudio. Para o Opressor escolhemos nosso amigo Gustavo Vasquez do Estúdio Rocklab (Goiânia), que além de conhecer tudo em termos de timbres, captação e mixagem, nos deu excelentes idéias de arranjos. Conseguimos captar o som da banda ao vivo sem todas essas digitalizações e maquiagens que podemos ouvir em várias produções atuais. Nada contra quem opta por esse tipo de trabalho, mas buscávamos algo mais analógico e cru. Foram dois anos de dedicação extrema a composição dessas faixas, tanto individual quanto coletivo. Um trabalho pesado, mas prazeroso. Acho que tanto musicalmente quanto na parte das letras, a banda deu vários passos à frente. Estamos realmente muito animados com esse material!”

O UGANGA lançou recentemente dois vídeos para as músicas "Moleque de Pedra" e "Aos Pés da Grande Árvore" gravadas ao vivo durante a mais recente turnê européia.


No momento o UGANGA negocia um contrato com uma gravadora brasileira e em breve a data de lançamento de Opressor será anunciada.